Páginas

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

. tão tão distante!


No ínicio, eu me sentia até constrangida; apesar de uma história linda, de uma amizade sincera e de uma CUMPLICIDADE sem fim, sentia-me um tanto envergonha e, por vezes, até descrente de tanto amor. Os dias foram passando, as juras de amor aumentando, as promessas de fidelidade, lealdade e sinceridade idem, até que fui me abrindo e descobrindo que aquela atração que eu julgava paixão era na verdade AMOR. Já ouvi falar que nossa história [de um pouco mais que 4 meses] parece uma novela das 6, daquelas bem românticas e sem vilão. Eu poderia deixar esse slogan mais realista, assim: Nossa história é uma novela das 6, das mais bonitas e muito romântica e QUASE sem vilão.
O motivo do 'quase' é uma distância de mais de 2mil quilômetros. Isso mesmo! Um namoro a distância de verdade. Claro que a distância se estabeleceu depois do início dessa bela história ne?! Não entendo bem como fui me apaixonar por alguém que eu sempre soube que passaria 2 anos longe de casa, da família, dos amigos e de MIM. Mas aconteceu! E cada detalhe do que vivemos aqui, nossa amizade e nosso namoro, posteriormente, está bem guardado na minha mente. Eu que sofro de memória curta nunca guardei tantos detalhes por tanto tempo, mas tudo aconteceu tão intensamente e de uma forma tão bonita que era impossível não ficar marcado.
Me apaixonei e decidi espera-lo, afinal como saber no que vai dar se não vivermos pra provar? Justamente! Bom, as visitas se farão de 6 em 6 meses, a não ser que eu arrume um jeito de ir pra São Paulo nos fds [risos]. E depois que ele subiu no avião o tempo passou a correr TÃO devagar, hoje, faz apenas 1 mês que ele começou a estudar lá, mas pra mim, e talvez pra ele também, parece que se passou pelo menos uns 3meses.
E aqui vai uma dica, se puder, não namore a distância, é doloroso; mas se for o caso, apaixone-se, viva, se entregue e viva uma história linda!

p.s.: amo-o cada dia mais!
p.p.s.: e a recíproca é, aparentemente, verdadeira!

:)

Um comentário:

  1. Nossa que história fofa. mais bom que vocês podem pelomenos se ver de 6 em 6 meses. Quando ele voltar vc não nem se lembrar que ele passou tanto tempo longe, o tempo voa quando mesmo se espera estara ele de volta a sua porta. Torcendo pelo amor...Beijosss

    ResponderExcluir