Páginas

sábado, 27 de setembro de 2008

Eu vinha decidida a escrever sobre o quanto minha vida está corrida, difícil e estranha. Mas em meio a acontecimentos recentes e idéias antigas eu resolvi que quero falar sobre relacionamentos (namoro, pra ser exata). Vejo tantas coisas acontecendo ultimamente com amigos, conhecidos e até comigo, que me deu vontade de expressar MINHA opnião sobre certos tipos de relacionamentos... Já escrevi certa vez que tenho visto tantas pessoas desesperadas por companhia, e que esse 'desespero' chega a tal ponto delas deixarem seus próprios valores e amor-próprio se perderem. Se entregam a certos tipos de relação que só fazem os fazem mal... lembro de já ter passado por algo parecido há alguns muitos meses atrás [eu nem sonhava em conhecer meu atual namorado], e vivia uma relação desgastante, na qual eu deixei de ser eu mesma pra ser alguém que 'alguém' queria. Isso acabou comigo e quando o fim chegou, doeu no início, mas dias depois me senti tão aliviada,, eu confesso o quanto era controladora, porém me sentia muito mais presa... E passar por tudo isso me mostrou que em certos casos não dá pra ceder. Hoje em dia eu entendo muito bem as minhas vontades e até que ponto eu posso abrir mão de mim pra fazer alguém feliz, até porque eu também preciso ser feliz, né?
Alias, é justamente essa felicidade que eu vejo faltar nos namoros de hoje em dia [sem generalizar!]. É como se pra fazer alguém feliz a gente não o pudesse tambem ser, e o que vejo é que relacionamentos assim tornam as pessoas mais egoístas e controladoras [as que estão recebendo a 'dedicação] e aos dedicados sobra a dor de não ter a reciprocidade merecida. Vejo amigos, amigos de amigos, namorados e namoradas de amigos, ficantes e rolos amigos e de amigos, que passam por isso. E fico perplexa ao constatar que nenhum deles enxerga o quanto de mal estão se fazendo e fazendo aos outros.
-

Minha vidinha: corrida e difícil, mas isso eu já disse acima ne? Estudei, estudei e no fim minha prova foi terrível, é o que dá, ne? Ainda não entendo direito essa tal de Engenharia :p mas mesmo assim jamais desistirei dela! [axo!]
Coração batendo forte, faltam 2 semanas pra um ano de namoro, e faltam 2 meses pra comemorarmos juntos ;) Essa saudade tá acabando comigo, mas saber que ele espera me encontrar quando chegar me anima a esperá-lo [ansiosamente!].

Beijos e bom fds

2 comentários:

  1. Estamos acostumados a acharmos que só seremos felizes se estivermos ao lado de alguém, por isso essa relações distorcidas...
    Também afundei em todas as minha provas (buáaaa!)

    HehehE! Comemorações de namoro: aproveite bem!

    ResponderExcluir
  2. Hum....concordo com vc Marcela..sei que no momento não sou a melhor pessoa pra falar sobre relacionamento..mas posso afirmar que se relacionar com uma pessoa é um troca verdadeira de sentimentos, verdades..emoções..Isso não pode acontecer só de um lado, se não acontece a explosão de uma vida saturada de tanta insatisfação com o parceiro..
    Vida a dois naum impossível..mas requer tudo que há de melhor!

    ResponderExcluir