Páginas

terça-feira, 11 de agosto de 2009

; sanguessuga

Intríseco ao ser humano é o sentimento de insatisfação; não importa a idade ou a fase da vida, sempre existirá algo - grande ou pequeno - que ainda nos faltará. Tal sentimento tem levado o homem cada vez mais longe ; temos exemplos em todos os âmbitos do sistema em que vivemos, desde as classes menos abastadas até o senado. O escritor do livro de Provérbios chamou-nos de sanguessugas que nunca se fartam (Pv 30:15), e olhando por este ângulo, somos mesmo. A insatisfação nos move, mesmo que para o mal, mas nos move... A sanguessuga (o animal) pode ingerir uma quantidade de sangue 10 vezes superior ao seu próprio volume. Ela não se satisfaz! Isso não os lembra alguém? A natureza humana nos remete a isso, somos (e seremos) sempre insatisfeitos e se utilizado da maneira correta tal "atributo" pode nos levar ao lugar certo, ou - se utilizado sem parcimônia - certamente levará o homem fora dos limites do "humano".
Confesso que ultimamente tenho aprendido muito sobre insatisfações versus provisões. É interessante (e linda) a forma como Deus nos incita a deixarmos toda nossa ansiedade e, consequentemente, nossas insatisfações diante dEle. Estou certa que Ele tem um plano perfeito pra o que quer que seja, e isso me conforta (e alegra!) xD
boa semana a todos,
Hoje : Dia do estudante -Parabéns!

3 comentários:

  1. Acho q sou só meio sanguessuga: suporto só 5 litros a mais, rsrsrs.

    Viva nós!

    Ótima semana.

    ResponderExcluir
  2. Olha só esse mesmo rei Salomão nos ensina a buscar a sabedoria... e acho que nela saberemos o ponto certo, para termos o equilibrio necessario.

    ResponderExcluir
  3. "A insatisfação nos move, mesmo que para o mal, mas nos move..."
    Isso é tão certo quanto a sanguessuga ser um bicho pavoroso!

    O bom da vida é que existem 'criaturas' para nos escreverem esses ensinamentos né??

    Beijo

    ResponderExcluir