Páginas

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

vinte e três

, salmo de Davi.
1. O Senhor é meu pastor; nada me faltará. 2. Ele me faz descansar em pastos verdes e me leva as águas tranquilas. 3. O Senhor renova as minhas forças e me guia por caminhos certos, como Ele mesmo prometeu. 4. Ainda que eu ande por um vale escuro como a morte, não terei medo de nada. Pois Tu, ó Senhor, estás comigo; Tu me proteges e me diriges. 5. Preparas um banquete para mim, onde meus inimigos me podem ver. Tu me recebes como convidado de honra e enches o meu copo até derramar. 6. Certamente a Tua bondade e o Teu amor ficarão comigo enquanto viver. E na Tua casa, ó Senhor, morarei todos os dias da minha vida.

Hoje recebi um scrap no orkut que me fez voltar ao Salmo 23 (tão conhecido de tantos!) e reaprender o que é ter esperança no Senhor (!). Minha vida, desde algum tempo, saiu totalmente do meu controle; confesso que isto é assustador, principalmente pra uma pessoa tão controladora como esta que vos escreve. Mas é isso mesmo!! Parece-me que fazer as coisas do meu jeito gera ainda mais sofrimento, como se estar no "meu controle" criasse um ciclo vicioso, uma alegria instável. E dentre os propósitos de termos sido criados, eu acredito (piamente!) que ser(mos) feliz é um deles. Por este (e outros) motivo eu decidi colocar tudo o que tenho diante do Deus que sonhou comigo antes mesmo d'eu nascer, e esperar que Ele me dê (enfim,) uma felicidade total, indissipável (se é que essa palavra existe, rs) ; a felicidade que Davi sentia ao compor este louvor, pois ele tinha a completa noção do Deus a quem servia.
p.s.: Davi, pra mim, é um dos grandes "caras" da Bíblia #admiro (!)
Bom dia a todos

Nenhum comentário:

Postar um comentário