Páginas

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Refletindo a glória de Deus

(...)
Um rosto entusiástico e brilhante é a marca de alguém que esteve na presença de Deus. Depois de conversar com Deus, Moisés precisou cobrir sua face com um véu (Êx 34.33-35). Depois de ver o céu, a face de Estêvão resplandeceu como a de um anjo (At 6.15; 7.55,56). Deus está empenhado na tarefa de mudar a face do mundo. Permita-me ser bastante claro. Essa mudança é trabalho dEle, não nossa. A meta não é fazer com que nossos rostos fiquem radiantes. Nem mesmo Jesus fez isso. Mateus disse: "A aparência de Jesus foi mudada", e não "Jesus mudou a sua própria aparência". Moisés nem mesmo sabia que sua face estava brilhando (Êx 34.29). Nosso objetivo não deve ser forjar uma expressão facial falsa e congelada, mas simplesmente permanecer diante de Deus com um coração preparado e anelante e então permitir que Ele faça o seu trabalho. E Ele o faz. Ele enxuga as lágrimas. Dá fim ao enfado. Aplaina nossas frontes franzidas. Toca as nossas faces. Muda os nossos semblantes enquanto O adoramos. Ainda há mias. Deus não somente modifica a aparência daqueles que o adoram, Ele muda aqueles que nos veem adorar.

Max Lucado - Livro: Simplesmente como Jesus

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É maravilho quando vemos a glória de DEUS, refletida nos rostos dos irmãos em nossos cultos...

    ...infelizmente isso, está cada vez mais raro nos nossos dias.

    "QUANDO O FILHO DO HOMEM VOLTAR, ENCONTRARÁ FÉ NA TERRA?"

    ResponderExcluir
  3. Pois é amiiiga... A glória de Deus transform o ambiente, a circunstância e os próprios seres humanos! :)

    ResponderExcluir