Páginas

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

no trailer é tudo lindo,


Muitas vezes sinto como se a minha vida fosse uma novela, ou um daqueles seriados americanos cheios de temporadas, de idas e vindas, de emaranhado de histórias, de fases, de cenas do próximo capítulo... E isso é que tem mesmo (!) ; cenas do próximo capítulo.
Sabe quando a gente vê um trailer de filme - e daí vem minha paixão por eles - e por ele ser muito bom, chamar e prender a atenção julgamos como o filme será (afinal, é pra isso que servem os trailers: deixar um gostinho...). Existem trailers que professam - se assim posso dizer - a verdade, mas não podemos esquecer que eles só mostram as melhores partes de um filme. Mostram o lado bom, e quando pagamos (literalmente) pra ver o filme inteiro, vez ou outra temos uma decepção.
A nossa vida tem disso, algumas pessoas, alguns relacionamentos e situações nos aparecem em trailers, parecem bons, divertidos, chamam e prendem a atenção e quando pagamos pra ver... decepção. Eu já vi muitos filmes, me diverti, sorri, chorei e até tive raiva. Mas pra poder viver eu tive que pagar pra ver... eu tive que correr o risco... eu sempre tive a consciência que eu tinha 50% de chances... 50% de ser um sucesso de bilheteria e 50% de ser um fiasco cinematográfico.
E isso é normal. Assim nós vamos tomando gosto, formando opniões, e dependendo de quanto já "vimos" temos até algum discernimento pra perceber quando o filme é daqueles que vale a pena enfrentar uma fila, daqueles que talvez nem consigamos pegar a poltrona mais confortável, mas que a gente sabe que vale a pena assistir...

Um comentário:

  1. É isso ae amiga temos ki pagar pra vê e sentir , afinal nem só de Trailer vivi a Bilheteria, rsrsr.


    e depois agente vê qual momento vale a pena ver dinovo...bjão.

    ResponderExcluir