Páginas

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A regra!

De repente me lembrei do filme Ele não está tão a fim de você, e da mentalidade sobre as exceções que Gigi (atriz principal) traz a tona. E percebi que assim como ela - e como a maioria de nós - eu não sou exceção. Sou a regra! Vou lembrando de situações, de histórias, de citações e quando dou por mim estou nutrindo uma esperança que deveria levar o nome de ilusão. E, mesmo que inconscientemente, me iludindo julgo que tudo irá ficar mais fácil. A verdade - que todos sabem - é que quanto mais ilusão, mais sofrimento. Hoje eu sei que não sou exceção. Sou a regra! E que a regra sofre, chora, se machuca, se decepciona; mas aprende, e se ergue novamente. Aguardando uma nova chance para sorrir, pra seguir em frente, pra ser feliz. E essa certeza é que me faz conseguir não parar de caminhar.

Cada decepção nos traz uma lição.

Para assistir o trecho do filme clique aqui.

"As vezes, estamos tão concentradas em achar nosso final feliz que não aprendemos a ler os sinais. Como distinguir os que nos querem e os que não nos querem? Distinguir os que vão ficar e os que vão partir? Talvez o final feliz seja apenas seguir em frente. Talvez, o final feliz seja este: apesar das ligações não retornadas e corações partidos,apesar dos erros e sinais mal interpretados, apesar da dor e constrangimento. VOCÊ NUNCA, NUNCA PERDE A ESPERANÇA!"

7 comentários:

  1. Amém amiga.
    POst realmente muito lindo e saiba eu sempre estarei do seu lado para o que der e vier e nesta estrada , nós estaremos sempreee JUNTAS.

    TE adoro , Mônica Braz.

    ResponderExcluir
  2. esse filme é uma graça, tbm fiquei pensando mt nessa parte do filme...mt lindo ..bjoks

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente que seguir em frente é o que faz a gente feliz de verdade...lindo post!

    ResponderExcluir
  4. "Talvez o final feliz seja apenas seguir em frente".

    Você sabe. Eu sei. Todos sabemos. O que nos impede de continuar não pode ser a esperança que tudo vá mudar, e sim a Fé de que vamos conseguir continuar em meio às adversidades e às questões mal resolvidas.

    Para que passar a vida em branco se podemos nos arriscar, nos iludir e depois tirar disso uma lição? O sofrimento nada mais é do que o momento em que você abre os olhos e vê que pode fazer tudo diferente, embora ache que tenha feito tudo errado; Ainda bem que esse momento chega, vc enfrenta e depois pode dizer, obrigada Deus por tudo isso ter passado.

    Beijos minha linda, espero que fiques bem!

    ResponderExcluir