Páginas

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Ungido do Senhor?

(...)
Entrementes, os falsos profetas não se põem sob autoridade. Eles desafiam a autoridade dos pastores, ou escolhem integrantes da diretoria da igreja que sabem que não os farão prestar contas. E pelo fato de acreditarem que recebem ordens diretamente de Deus, quando são interrogados, replicam: "Quem é você para questionar o ungido do Senhor?"
Se um milagre acontece em seu ministério, eles o desfilam na frente de multidões e, implicitamente, recebem o crédito como "operadores de milagres". Mas se alguém não é curado, é por culpa da pessoa que não teve fé o suficiente ou não deu bastante dinheiro. Ninguém jamais é chamado ao púlpito para testemunha sua "não-cura".
Já notou que as multidões que vêm admirar os operadores de milagres são os mais humildes? Porque estas pessoas - Deus as abençoe! - raciocinam: Se eu puder ter tanta fé quanto o meu líder, Deus me abençoará como o abençoou. Assim, se a hipoteca não for automaticamente paga, se não forem curados, é por culpa deles. Não admira que pessoas desiludidas com esses ministérios pensem que Deus as abandonou.

Trecho do livro: Quem é você para julgar? - Erwin Lutzer

Nenhum comentário:

Postar um comentário