Páginas

terça-feira, 19 de julho de 2011

Expectativa


Expectativa é quando a gente deposita em algo ou alguém o desejo e esperança de que as coisas aconteçam a nosso modo, ou que alguém permaneça sob nosso controle.
O melhor (ou seria pior?) exemplo disso são pais que depositam seus sonhos frustrados e seus planos perfeitos em filhos que jamais poderão corresponder.
A quebra dessa expectativa, desse controle, desse planejamento impecável, tem a capacidade de quebrar qualquer coração. Melhor: de quebrar dois corações. O de quem as criou e o de sobre quem foram criadas tais projeções.
Controladora como sou (tenho pena dos meus filhos - que nem existem ainda), já fui muitas vezes surpreendida por minhas expectativas. Conto nos dedos quando foi bom. Dessa forma, de uns anos pra cá parei de acreditar (como se tivesse acreditado algum dia) no positivismo. Força do pensamento então?! O Segredo? Ah, fala sério! Passei a ser pessimista...

"O pessimista é feliz quando acerta e quando erra".

Infelizmente o pessimismo não me livrou delas, e não me livrou de sofrer mais um pouco. O problema deixou de ser as expectativas que eu tinha. Passou a ser as expectativas que tinham sobre mim. E que fardo pesado é esse, viu? Não raro tenho estado sensível, como se algo quisesse se libertar. Como se o peso não fosse mais suportável. Como se faltasse muito (muito, muito e muito) pouco para sucumbir.

{Esse texto foi patrocinado pela minha TPM}

3 comentários:

  1. "O pessimista é feliz quando acerta e quando erra".
    Que frase de peso!!! Nunca pensei nisto!
    Bj bonita

    ResponderExcluir
  2. O pessimista também fica frustado: quando tudo dá certo!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que todos temos dias. Por natureza sou pessimista, mas tenho dias em que sou muito positivo. Quanto a expectativas e frustrações, acho que era eu próprio quem tinha as maiores expectativas e por isso sou eu mesmo quem saiu mais frustrado, mas como em tudo, também isso tem dias, e como não tenho TPM... :))

    ResponderExcluir