Páginas

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Data Marcada

Das coisas que me aconteceram este ano a mais marcante, sem dúvida, foi o casamento. Não pela instituição propriamente dita, mas por tudo quanto ela proporciona. Virar dona de casa, ter novas responsabilidades, lutar para dormir cedo pra não acordar tarde e quase nunca conseguir são coisas pelas quais sabia que iria passar, mas não contava que seria tão prazeroso.
Quando as pessoas perguntam ao casal (eu e o marido) como está sendo o casamento gosto de olhar pra ele enquanto o seu sorriso se abre e ele explica que está sendo uma maravilha \o/
Ontem, depois de mais uma das respostas dele, a pessoa que perguntou disse algo que realmente faz toda a diferença: quando um casal tem uma boa convivência no namoro, o casamento tende a ser muito tranquilo - sem grandes surpresas.
E por enquanto assim tem sido. E nesse um mês de casada é o que desejo até que a morte nos separe.


4 comentários: