Páginas

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Intensa

Se existe uma palavra que pode definir essa fase da minha vida, essa palavra é: INTENSA.
Quando é felicidade, é felicidade demais. Quando é tristeza, é a tristeza mais profunda. Quando é insegurança, é a insegurança mais dolorosa. Quando é paixão, é a paixão mais aguda. E quando é amor, é o amor maior do mundo.
Escrevendo assim, dá até vontade de mudar o nome e definição do blog por uns dias:

INTENSA
Não sei viver sem chorar.

Brincadeiras a parte, sei que nunca fui um poço de racionalidade, na verdade, sempre fui muito coração. Mas sempre me coloquei numa posição muito consciente. Sempre tentei ser o mais realista possível. Entretanto, a FASE onde me encontro neste presente momento faz de mim um poço sem fim de lágrimas sentimento. Retira de mim todo e qualquer controle. Calma, não estou descontrolada. Mas sinto que praticamente NADA está ao meu alcance e isso me acaba por dentro.
Já passei por fases parecidas, já até achei que estivesse com início de depressão, mas em nenhum tempo foi tão intenso como tem sido nas últimas semanas.
Não tento encontrar respostas, culpados ou soluções. Sinto apenas que esse é um lugar por onde TENHO que passar. Para crescer. Para aprender. E para ser alguém melhor.
Assim espero.

3 comentários:

  1. A fase intensa acabará lhe trazendo boas ideias e, até mesmo, boas lembranças. Aproveite a intensidade para se "descontrolar" mesmo. Viva-a intensamente, rs.
    E não se preocupe, tudo passa!

    Bjo

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo. É crescimento, aprendizagem. Aproveite e como diz Lenine, ma música "É o que me interessa", "Quem vai virar o jogo,
    E transformar a perda, Em nossa recompensa". Beijos

    ResponderExcluir
  3. Como assim???!! Um "PURRRTUGUÊS" citando meu CONTERRÂNEO (de País, de Estado, de Cidade)??!!

    De qualquer forma, os dois (Maíra e Waterfall) me lembraram que o importante é aprender com cada fase.

    Beijo.

    ResponderExcluir