Páginas

quinta-feira, 8 de março de 2012

MULHER - Um quase TUDO

Fonte

E como nasci? Por um quase. Podia ser outra. Podia ser um homem. Felizmente nasci mulher. E vaidosa. Prefiro que saia um bom retrato meu no jornal do que os elogios.Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo.

Clarice Lispector

8/3 - dia internacional da mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário