domingo, 9 de setembro de 2012

Sobre o 4º mês

  • Pessoas lhe chamam atenção, mas também causam estranhamento (e -as vezes- choro).
  • O pai, o avô e a tia são sinônimos de diversão. Ele "se dá" para os braços deles e não quer saber de voltar para a mãe.
  • Está cada vez mais curioso.
  • Quer tudo e quer pôr tudo na boca.
  • Fica cheio de raiva quando não consegue colocar as coisas na boca, mesmo que não caibam -como por exemplo, o balde de lenço umedecido-.
  • A sua personalidade está cada vez mais clara e definida.
  • Está dormindo cada vez melhor (Deus é pai!).
  • E -depois que eu desisti definitivamente- ele aceitou a chupeta. Além disso, só pega quando está com sono e/ou dormindo (o sonho de toda mãe \o/).
  • Tosse para se mostrar ou para reclamar.
  • "Besoura" cuspindo em todo mundo.
  • E já descobriu que pode pegar as coisas com as mãos (e levar para a boca, claro!).
  • Ah, e não tem mais jeito, não fica quieto nem pagando.
  • Até então, está crescendo a uma média de 4 cm / mês e 1400 g / mês (a média geral é 1cm / mês e 750 g / mês).
  • Por causa disso está bem acima do peso (8050 g) e acabando com as colunas dos mais corajosos (a saber: as avós e a mãe).
E assim seguimos.



segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Ponto de Equilíbrio

Comecei essa semana pensando no quanto somos hipócritas. Não tem jeito. Somos hipócritas e ponto. "Sabemos" tanto como acertar, como fazer certo, como ser próspero, como ser feliz; falamos tanto. Mas no final, somos apenas os mesmos egoístas de sempre. E isso é tão natural na humanidade que parece que não tem outro caminho a seguir (falo isso sobre mim também).
Julgamos, desdenhamos, pregamos a NOSSA verdade e esquecemos que respeito é 'aquela coisa fundamental' para se viver em sociedade...

"Do que valem os dreads, se as palavras são em vão?"

O melhor ano da minha vida

imagem: pixabay Caí na armadilha das Newsletters . Mal o ano começou e me vi cadastrada em pelo menos cinco " news " que cheg...