Páginas

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

As gracinhas do 5º mês

E então chegamos ao quinto mês de vida do nosso pequeno pirralhinho. Ele comemorou o seu primeiro dia das crianças (uhul!). E ganhou mais presentes do que imaginávamos. Desde a Galinha Pintadinha (que ele adora) até um carrinho com controle remoto (oi?) que vai servir como décor no quarto dele até que ele pare com essa 'neura' de colocar tudo na boca. HEHE!
Acho que desde que ele nasceu, esse tem sido o melhor mês (parece que vai ficando cada vez melhor...). Ele está cheio de gracinhas, de sorrisos e de gritos. Parece que percebeu que sai som de dentro dele e fica alternando a altura dos gritinhos enquanto percebe que ele mesmo quem faz aquele som. É muito engraçado.
Está enorme de gordo e de grande. Apesar da pediatra dizer que ele é baixinho para o peso (9kgs!!! e 66cm) acho ele bastante grande para a idade. A amamentação continua em livre demanda, apesar de eu estar sentindo que meu leite está indo embora :( , mas já começamos a inserir comidinhas, suquinhos, frutinhas, papinhas, tudo inho para ele sentir novos sabores. E ele adora. Pelo visto, será 'bom de boca'. Pelo menos, assim espero.
Ele está uma delícia, divertido e bastante mimado (primeiro neto é fogo!). Mas me diz: tem como não mimar um bebezinho de 5 meses?
Bom, pelo visto, ele já fez a escolha dele: adora LOIRAS! Fica maluco para ir pros braços de qualquer "galega" que passe por perto. Acho muito engraçado (mas morro de medo[1]).
Sinto que ele está completamente acostumado com a rotina de carro + escritório + carro + casa da avó + carro + casinha da gente. Apesar de ser uma rotina puxada e bastante corrida. Percebo que, principalmente, nos fins de semana (e feriados) que estamos em casa, ele fica procurando gente (no escritório ele vê muita gente) e sente falta de andar de carro.
Quanto ao sono. Continuamos bem. Apesar dele ter diminuído a quantidade de horas de sono durante o dia (uma hora tinha que ser né?) continua 'sonecando' muito bem e muitas vezes. E durante a noite (geralmente) dorme bem. Acorda uma (no máximo duas) vez na madrugada para mamar rapidinho e dormir rapidinho também.
Continua apaixonado/encantado pelo pai. Adora o avôs, é maluco pelas avós. Curte muito as brincadeiras do tio e da tia. 
Já está acostumado com as casas dos avós. 
Observa tudo se vai para um lugar diferente. 
Adora ver gente. 
Quer pegar tudo e colocar na boca, não importando o tamanho.
E agora esfrega a cara em mim quando quer mamar.
Além disso, está numa coceira maluca das gengivas por causa dos dentinhos, que ainda não deram o ar da graça. Mas estou prevendo que não deve demorar (não sei se estou certa, mas...).
No mais, tudo ótimo. Como disse no começo: está cada vez melhor. Cansativo, mas não tem nada mais gostoso do que aquela gargalhada banguela.


[1] Imagina se alguma "ladra" de bebês LOIRA me rouba o meu pequeno?! 

4 comentários:

  1. Se for igual ao meu, quanto maior, mais "dado" será...vai no colo de qualquer um e na rua da oi pra todo mundo hahaha..
    Ele está lindo demais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que fofura! Estou começando a achar que ele e a cara do pai!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Você tá achando Maíra? Por aqui é unânimidade: a cara do André!!!

    Tati, ele as vezes ainda estranha, mas na maioria das vezes é bem 'dado' mesmo... rsrs

    ResponderExcluir