Páginas

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O cuidado

RETROSPECTIVA 2012

O ano de 2012 será para sempre marcante pra mim. O nascimento de Pietro (impossível não falar dele na 'retrospectiva') trouxe consigo inúmeras novas constatações na minha vida.
Dessas, a maior e mais latente delas é, certamente, o cuidado. Sei que fui criada por pais muito amorosos, sei também que eles tem a própria maneira de demonstrar isso. Mas a gente somente reconhece o valor, significado e apoio da família nos momentos de aperto.
E assim foi. Preciso reconhecer e registrar que não fosse a minha mãe por perto não imagino como teria caminhado durante esses meses. Ela largou a empresa, o conforto da casa nova, e o próprio marido para cuidar de mim e Pietro durante um mês, para se dedicar a mim e ao nosso pequeno.
Além disso, só pude concluir a graduação esse semestre pela imensa colaboração dela que montou uma bela estrutura no escritório para poder cuidar do neto enquanto eu estava estudando. Sem falar, das vezes que ela (e o meu pai) ficam com o bebê para que eu possa ter uns minutinhos de diversão com o esposo.
Quanto cuidado! Quanto carinho! Quanta dedicação!
Quanto a mim, sou grata. Só eu sei o quanto sou grata pela vida da minha família, em especial, pela vida dos meus pais. Não há como descrever o quanto eles se desdobram para cuidar da gente. E quando falo "gente" incluo o André também, que eles cuidam como se fosse filho.
E por falar em André, se sem minha mãe eu não imagino como teria chegado até aqui, sei que ele tornaria tudo mais fácil e possível. O meu marido... bom, não tenho palavras para descrever, mas acho que ele foi (e é) MARIDO. Ele realmente faz a palavra, posição e responsabilidade fazer todo o sentido.
Sempre foi muito companheiro, comparsa mesmo. E neste ano, com o meu pós-operatório, ele foi o melhor enfermeiro que podia ter. Sempre muito paciente e dedicado me deu tudo que precisava, desde pêras frescas a carinho e atenção.
Cada dia que passa sei que fiz a escolha certa. A escolha de amar aquele rapaz, de fazer dar certo e de buscar isso todos os dias. Casamento é para quem tem coragem e paciência. Afinal, amor não tem nada haver com sentimento... amor é atitude!


Nenhum comentário:

Postar um comentário