Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Fogueira de Felicidades

Jorge Forbes
É uma pergunta frequente ao psicanalista: - Como posso ser feliz?
A ideia é que a felicidade é um bem que, se cumprirmos uma série de regras, deveremos em decorrência merecê-la. Felizes seriam os mais aplicados, a eles o reino da felicidade. Assim se passa nas férias, por exemplo. Busca-se com muita antecedência a montagem de um cenário perfeito, daqueles de anúncio de televisão. Seja uma casa direto na areia de uma praia maravilhosa, seja o seu avesso complementar, uma casa no alto da montanha, à beira de um lago, com uma cachoeira nos fundos do jardim. Daí, só escolher a melhor companhia, boa comida e bebida, uma cama macia em um quarto amplo e silencioso e ... bingo: - Sou feliz!
Qual o que, para a decepção da maioria, a felicidade não obedece a regras padronizadas. No lago de Como, na Itália, ocorreu algo interessante e ilustrativo. É um desses lugares paradisíacos, como o descrito acima. Pois bem, a associação dos locadores dos chalés da beira do lago baixou uma nor…

11 meses, e já ?!

Imagem
Sei que é muito clichê falar que o tempo passou rápido demais e que Pietro, mês que vem, completa seu 1º ano de vida. É clichê. Mas é verdade. Ao mesmo tempo, sinto que curti bastante. E que continua ficando cada vez melhor. Além disso, eu sempre terei a impressão que 'filho dos outros, cresce mais rápido', ou seja, o nosso pirralho está em um bom tempo de crescimento ;) No mais, vamos vivendo a nossa rotina naquela intensidade de sempre. E Pietro, que já está acostumado, vai lidando muito bem - mesmo passando muito tempo no carro, preso nos engarrafamentos (ele fica um pouco "aperriado"); com passar pouco tempo na casa dos pais (onde os próprios pais passam pouco tempo), com conviver com muitas pessoas adultas e ver muitos rostos diferentes o tempo todo, e por aí vai -. Realmente, não sei se estou fazendo bem ou mal para ele. Sei apenas, que do nosso modo, essa tem sido a melhor maneira de criá-lo. O que não quer dizer que é a mais fácil. Trazer uma criança para o …

Meu aniversário

Imagem
2013. Meu aniversário será em um domingo e pela 1ª vez na vida não tenho expectativas. Não fui acostumada a festejar. E, especialmente, esse ano não estou encontrando vontade.
Quero descanso. Só um pouco. Quero repor as energia; quero atenção. Quero segurança e quero amor...
Quero que pensem em mim, que planejem para mim, que me surpreendam e que me façam feliz.

Felicidade, é só questão de ser

Imagem
Em tempo,
lembrei da música do Marcelo Jeneci que diz assim:

"Haverá um dia em que você não haverá de ser feliz
Sentirá o ar sem se mexer
Sem desejar como antes sempre quis

Você vai rir, sem perceber
Felicidade é só questão de ser(...)"


Ser feliz & ter razão

Sabe aquela frase muito comentada nos programas/livros de auto-ajuda - "é melhor ser feliz que ter razão" - ?
Muitas vezes, me pergunto: qual o limite disso? Será que a gente vai sempre ter que ceder para ser feliz? E aquele lance de que 'é preciso equilíbrio'? É preciso que haja uma troca? Que os dois lados precisam ceder?
Como faz para balancear tudo isso? Ser feliz e ceder, ceder, ceder sem receber nada em troca? 
E dá para ser feliz assim?

"Olhe como as estrelas brilham para você" (post comemorativo)

Enfim, ele chegou aos 30. E talvez ele não perceba que está na sua melhor fase. Talvez, ele simplesmente não note o quanto cresceu, amadureceu e juntou paciência e sabedoria ao longo desses anos.
Ele é marido e pai. Mas é também meu melhor amigo e o brinquedo favorito de Pietro.
E se os cabelos já estão caindo? Pra que se preocupar? É dos carecas que elas eu gosto mais. (Na verdade, é dele que gosto mais...)
Apenas sei, meu amor, que passam-se os anos e a gente vai sabendo cada vez menos como colocar palavras no blog papel para desejar Feliz Aniversário. A gente quer simplesmente estar junto, grudados em você, eu e Pietro, daquele jeitinho que a gente faz (quase) todo fim de semana; daquele jeitinho que quando nosso pirralho quer nós dois ao mesmo tempo, a gente se gruda e fica juntinho, os três. Daquele jeito, só nosso.
Como é bom te ter por perto, cuidando da gente, dando bronca, dando carinho, ou simplesmente, nos dando o presente da sua presença. Obrigado meu amor!
O meu desejo é o…

Os 10 meses maravilhosos

Imagem
Como podem perceber, tempo que é bom pra atualizar o blog, não tem. Mas precisava fazer alguns comentários rápidos sobre o nosso pirralhinho:
Pietro completou seus 10 meses dia 26 e está cada vez mais fofo;Apesar de fofo, não engordou nenhuma grama de um mês pro outro (10,700kg), o que não é problema. A médica garantiu que está tudo bem, e que ele está dentro da faixa de peso normal :)Está muito falante, fluente naquela língua que a gente não entende nada. Fala muito algo parecido com "puft" e "igi", sempre bem agudo;Adora fazer as refeições com a gente, e já está comendo de tudo bem picadinho;Para ele, tudo é brincadeira. E seus brinquedos favoritos são o pai e a bola, por isso, junte os dois e a diversão é garantida;Está dormindo bem. Quando respeito seus horários, dorme a noite toda - pra alegria geral da mamãe aqui;Tem a vida social mais badalada que a nossa (festas, festas & mais festas);E quando quer um colinho, só a mamãe resolve. Aliás, está in love com…

No fim das contas

Imagem
É comum que depois do casamento a gente engorde alguns quilinhos. Mais normal ainda é que depois do nascimento do bebê engordemos mais outro tanto. O que aconteceu comigo, no entanto, foi o contrário das generalidades postas por aí. O casamento me fez um bem danado, para minha saúde e para o controle do meu peso. Nunca estive tão bem. E, então chegou Pietro, o que aconteceu? Senti melhor ainda. Meu peso ficou ainda mais perto do desejado, e eu estou me sentindo muito bem comigo e com meu corpo. É claro que estou consciente que não sou magra - e provavelmente nunca serei -, continuo vestindo G, e ainda quero emagrecer. Mas comparado a uns três anos atrás, onde eu era mais nova e no entanto... bom, vejam as fotos:




No fim das contas, o casamento, somado a maternidade, foi a melhor coisa que me aconteceu, em todos os sentidos.
E assim vamos.