Páginas

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Pisca Pisca - #Pietro1

Não há nada que me faça esquecer de como se desenrolou o dia 26 de abril de 2012. Era apenas uma consulta de rotina, rápida, simples, com o intuito de marcar o dia da cesárea. Compreensível, então, minha surpresa quando o médico me disse que aquela cólica e dores na coluna eram o início do meu trabalho de parto.

Pietro chegou.
Teve dificuldade de respirar, e quando ele chorou eu dei um 'Glória a Deus' de alívio. Meu filho estava ali. Vivo.

Pietro é, para nós, um bálsamo, um alívio pros dias difíceis, uma motivação para focar no essencial. Ele tem jeito e personalidade forte - puxou ao pai. E saiu ao pai também em muitos outros aspectos, como na simpatia adorável.

Esse primeiro ano chegou leve e rápido. Mas não tão rápido quanto "os de fora" dizem. Chegou para nos mostrar o quanto amá-lo, criá-lo, curti-lo e ampará-lo nos faz bem. Chegou; simples assim. E agora ele vai crescer ainda mais rápido, ainda mais forte, ainda mais cheio de gracinhas... Que delícia!

O que sinto, aliás, é que ele faz bem para qualquer um que se aproximar. Acho, na verdade, que criança tem esse poder. E que assim seja.

Lembro que quando estava grávida sempre orava, pedindo a Deus, que Pietro fosse amado. Pedia saúde também. Mas, principalmente, queria que ele fosse amado. Que não lhe faltasse amor de nenhum dos lados. Pois quando tem amor, tem paciência - sempre imensamente necessária -, tem cuidado, tem carinho, tem suprimentos. Quando tem amor, tem tudo. E criança precisa disso, de amor.

O que vejo hoje é que meu filho está bem no centro de um gigantesco ciclo de amor, que vai desde os avós, bisavós, tios, até os funcionários da empresa, e outras tantas pessoas que passam todos os dias por nossas vidas.

E eu agradeço!

Deus, realmente, foi muito bondoso conosco.

E você, que me lê e lê os comentários sobre o crescimento do meu pirralhinho, não poderia ficar sem post comemorativo de 1 ano, né?

É! Ele cresceu!

Recado para meu filho:
Meu amor, cada dia você deixa um pouco de ser bebê para ser criança. E hoje isso se torna ainda mais forte. Parabéns! Que Deus continue cuidando tão bem de você. Que mainha e painho possam te dar todo amor, cuidado e paciência necessárias. E que você continue sendo esse raio de luz nas nossas vidas.
Te amo!

2 comentários:

  1. Choreeeeeeeeeeeeei POXA! que vontade de ser mae de deu agora! Nao sei pra que inventei de le este post logo hj que to na TPM (choro com tudo) aaff

    Enfim, que a FELICIDADE seja ROTINA para vcs Familialinda.com rsrs

    Bjao Máh

    ResponderExcluir
  2. Claro que não podia, já esperávamos ansiosamente!
    Pietro é amado por estes leitores espalhados pela blogosfera também.

    Felicidades no primeiro aninho!
    E aguardamos os posts dos outros.

    ResponderExcluir