Páginas

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Casados e namorados

Datas comemorativas sempre me fazem pensar um pouco sobre o assunto 'comemorado'. O dia dos namorados tem aquele poder a mais de me fazer refletir sobre relacionamento. Em especial, o meu.

Estava lendo a GLOSS desse mês, que fala sobre Sexo com Amor, e tenho que concordar que conhecer bem uma pessoa faz tudo ser melhor, não só os 'finalmentes', mas a vida em si. Estar com alguém que te conhece, que te ajuda e que quer te fazer feliz, faz da vida um lugar bom para se estar.

Quem me lê sabe como tudo andou até que eu conhecesse, apaixonasse e casasse com aquele cara que - praticamente - garantiu a atendente do Subway, que aquela seria nossa última conta separados. HAHA!

E diante de tudo que passamos até chegar aqui, casados, pais, e tudo mais; percebo que ser namorada do meu marido é demais! É ótimo. É tudo. É saber que o romance é real e não meloso. E que a vida, ao lado de quem te faz bem, é de uma leveza indescritível.

Conhecer bem a pessoa que aceitou dividir o teto, as contas e a caminhada com a gente faz com que tudo seja melhor, o romance e todo o resto. Não quer dizer que é tudo perfeito, ou fácil, longe disso. Mas com certeza é um dos melhores caminhos por onde podemos percorrer.

Uma coisa que a Sarah Oliveira disse e que concordei foi o seguinte:
"Após o parto, você acaba se concentrando mais no bebê, os hormônios baixam... E, aos poucos, o desejo vai retornando. É muito gostoso quando você tem uma intimidade grande com alguém que permite passar juntos por todas essas fases".

Em tempo, encontrei no Facebook uma fan page cheia de poesia, a Abra o Bico, e encontrei uma frase que se encaixa direitinho com que ando sentindo em relação ao namoro, encantamento, amor e ao casamento.

Facebook Abra o Bico

Feliz Dia dos Namorados!

Nenhum comentário:

Postar um comentário