Páginas

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Os 2 anos, a festa e a Algodãozinho

Tenho um amor antigo por festas. Vocês já sabem. Por causa disso inventei de abrir a Algodãozinho, e por causa disso inventei de fazer das festinhas do meu filho ícones para minha inspiração. Pois se tenho um lugar onde posso aplicar todas as ideias mirabolantes - e descobrir qual delas é a maior furada - é na festa do Pietro. Então que esse ano resolvemos mergulhar no tema Fundo do Mar.


Primeiramente, tratei de arrumar fornecedores confiáveis, lembram do ano passado? Pronto. Esse ano meus fornecedores sofreram, porque eu fui muito insistente e liguei bem umas cinco vezes antes para 'confirmar'.
A decoração foi toda montada por nós mesmos; com muito papel crepon e disposição. Toda a inspiração veio do pinterest. E como não ficar feliz em ver tudo pronto?!

Como vocês sabem, não gosto muito de temas com personagens... por isso, a festa não foi do Nemo, nem dos Bubbles Guppies, nem de nada que passe na televisão, mas sim das coisinhas que meu filho mais gosta: peixes, tubarões e baleias.

O mini kit provençal minha sogra comprou no centro da cidade a um preço bem bacana. Os cupcakes e lembrancinhas de peixinhos-chaveiros, foram todos obras dela. Uma artista.

Encomendamos um kit festa legal que já conhecemos faz tempo. Uma colega fez o recheio do cachorro quente e encomendamos o pão na padaria lá de perto mesmo.

Fiz tudo baseado nas cores azul claro, azul e laranja. E achei que a combinação ficou bem legal. Inicialmente eu tinha uma ideia para as cortinas (essa que está na parede da foto acima), mas meu marido deu seu toque e deixou tudo muito melhor. As paredes laterais decoramos com bexigas "fantasiadas" de peixe e papel crepon verde imitando algas.


Algas, quanta pretensão...

A decoração em si foi bastante simples. O que deixou tudo mais glamouroso, digamos, foram os balões de gás. Sério. Tendo condições, farei isso em todas as festas do rapazinho. Esses balões foram a sensação da festa. E eu amei o resultado.

Como o espaço era relativamente grande, tratamos de colocar os brinquedos - cama elástica e piscina de bolas - dentro do espaço invés do pô-los do lado de fora como fazem normalmente. Facilitou demais a vida dos pais e fez encher o espaço, pois tínhamos cerca de 55 pessoas para um espaço que cabem mais de 150. Essa foi uma das melhores ideias que tivemos.

Para "embonecar" a mesa principal fiz forminhas de doce com temas marinhos - baleia, tubarão, carangueijo e peixinho -, ficaram lindos. Ainda colocamos o colorido dos pirulitos numa meia esfera de isopor fixado por baixo em argila; ficou bem legal. Quanto ao bolo encomendei com uma doceira que conheci no facebook, que foi super atenciosa o tempo todo e comprou a minha ideia. Resultado: um bolo lindo e delicioso.


Tudo no bolo era comestível \o/ Inclusive o tubarão.

A 2ª mesa enchemos de lembrancinhas. Muitos personalizados fizeram a festa de todos. Graças a Deus, deu pra todo mundo. Incluí nessa parte todas as ideias que queria testar, em especial os cones de guloseimas que me deram um resultado melhor que o esperado. Dentro colocamos bolinhos de goma - sequilhos -, primeiro, porque Pietro adora, depois, porque não tinha muita cor de forma que não ficaria brigando com o monte de informações que já tinha no cone. Outra coisa legal, foram os peixinhos que coloquei dentro de um recipiente de vidro. Tinha muitas ideias para fazer parecer um aquário, mas já tinha tanta coisa na mesa que desistimos.

Cones de Bolinho de Goma, Potinhos tipo Mint to be de acrílico

Garrafinhas com m&ms, Lancheiras em forma de baúzinho, Tic tac azul - pra combinar, rs.

Ovinhos de peixe não são caviar? rsrs, e os chaveiros-peixinhos ali atrás.

Na entrada do espaço, do lado esquerdo, armei uma galeria de artes com os desenhos de Pietro. Eu já disse que ele desenha peixes muito bem? E no outra lado, montamos um mural com fotos registradas por seus tios - Deco e Elaine -; o resultado ficou lindo, pena que algumas pessoas, por desatenção ou encantamento com a decoração interna, não visualizaram mais esta atração da festa.




Enfim, algumas coisas passaram despercebidas como sempre. Por exemplo, tinha a ideia de fazer da mesa de lembrancinhas/guloseimas como um veleiro, mas esqueci completamente. No entanto, alguns dos diversos erros do ano passado foram evitados. Começando pela fotógrafa que chamamos, que nos deu total atenção e deixou Pietro o mais a vontade possível. Um trabalho demais! (As fotos dessa postagem são da nossa câmera mesmo. Não aguentei esperar, ansiedade para postar... rs!)
O pessoal do balão de gás, muito competente. Fiz uma boa escolha.
A doceira que fez o bolo do tubarão me deu total atenção e segurança. Entregou tudo certinho e ainda me aguentou arduamente. E se eu disser que falava com ela toda semana durante dois meses?
As garotas que sempre me ajudam servindo os convidados, infelizmente, não puderam participar desse evento. Sorte que encontrei quem atendesse o meu chamado urgente - um pouco menos de uma semana de antecedência -.
Ao fim de tudo, eu me senti realizada. Enfim, algo que deu mais certo que errado. A correria e cansaço valeram muito a pena. Inclusive porque, como eu disse no início, trabalhar na Algodãozinho fez com que eu tivesse muito mais cuidado com tudo, afinal, é essa festa um espelho do nosso trabalho e empenho. Empenho esse que tento colocar com todo carinho, amor e dedicação na nossa Algodãozinho.

E quanto aos dois anos do rapazinho, já tinha falado bastante algumas postagens atrás. Mas preciso mencionar que o sorriso dele quando chegou ao espaço foi a recompensa para tudo. Não só para esse momento de comemoração, mas - principalmente - para cada ação das nossas vidas. É! Todos aqueles clichês maternos fazem muito sentido. A maioria é tudo verdade! Gosto sempre dizer a ele que ele é meu pedacinho do céu. Para mim, ele é uma linda parte da graça de Deus. Não tem como agradecer, pois SEMPRE será muito pouco. Mas eu insisto, né?! E agradeço muito pela vida daquele rapazinho que alegra nossa vida e nossos corações.

Pietro - 2 anos


Bolo: Dandinha Bolos
Balões: Plataforma Gases
Lembrancinhas e personalizados: Algodãozinho Festas
Decoração: Algodãozinho Festas

Observação: falo sempre na primeira pessoa do plural porque o nós se resume a bastante gente, em especial, meu marido - que aguentou firme minha ansiedade e fez tudo dar certo -. Parceirão!!! Minha sogra, já falei lá em cima - uma artista -. Minha irmã que me ajudou com seu senso criativo e sua disposição. E minha mãe que cuidou do rapazinho o dia todo a fim de que a gente tivesse tempo para aprontar tudo.

6 comentários:

  1. Nossa, eu tenho que te contratar, porque definitivamente você é uma mãe muito prendada!!! Tudo Lindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAAHHA!
      Espera as fotos de Dani então, pra ver... rsrs.

      Mas gosto mesmo, e de verdade disso.
      A gente se esforça mesmo.

      E seria um prazer fazer uma festinha pra Toninho, aquela graça.
      Mas tem uma coisa, depois do 1º ano a gente fica mais tranquila pra umas coisas... Vai que vc se anima de novo. RSRSRS

      Excluir
    2. Já curtisse a página da Algodãozinho... tem mta coisa bonitinha lá :)

      Excluir
  2. Uau!! O Pietro é um sortudo!!
    Como tio adivinha qual foi a parte que mais gostei? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconfio... das fotografias? Não necessariamente as de Pietro, ein? HAHAHAHA!

      Excluir
  3. Festa e mocinhos lindos!
    Adorei a parte com as obras de arte do fofo.
    Felicidades pra vocês!

    ResponderExcluir