Páginas

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Desejos de ano novo: Pilates



  Pratico pilates desde 2007. Muito antes da "moda" entre as famosas; acho que nessa época a tal da Carolina Dieckman foi que começou a divulgar que praticava para voltar a forma depois de uma gravidez que lhe rendeu uns 30 quilos a mais, mas aí é outra história.

  Quanto a mim, um ano depois de iniciar a prática, estava em um nível avançado, com postura correta, força e elasticidade de dar inveja.

  Por um motivo ou outro comecei a ir menos ao Studio, bem menos, até parar. Lá por volta de 2010 eu não conseguia mais praticar nada além de uma caminhadinha ou uma corrida bem de leve.

  Casei, tive filho e quando Pietro desmamou consegui voltar a ter aulas particulares em um Studio recém aberto próximo a empresa. Fiquei muito animada, mas não consegui manter a frenquência :( Foi triste! E desisti de vez.

  Até que no fim do ano passado encontrei esse livro dando sopa na livraria. Dei uma folheada e trouxe para casa.

  Para ser bem sincera ainda não pratiquei nada. Mas está nos meus planos para 2015 voltar com o pilates. Nem que seja com as coisas mais simples, que são mais fáceis de ter atenção com a postura e respiração. Pensei em procurar um Studio (abriu outro aqui perto e eu os acompanho pelo facebook); mas acho muito difícil manter a frequência. Por isso, vou praticando em casa mesmo. E quando eu sentir que trabalho + maternidade não irão influenciar taaaaanto assim em minha disponibilidade, volto a ser instruída por um profissional para tentar subir de nível.

  Por hora, volto a ser iniciante.

Um comentário:

  1. Eu comecei com o Pilates ano passado, já na época da modinha. rs
    Não sei em que nível estou, mas sinto progressos...
    Volte mesmo! Volte aos pucos, mas volte. Vai lhe fazer bem!

    ResponderExcluir