Páginas

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Eu, profissional

Dia 31 de março foi meu 27º aniversário. Essa fase dos "quase 30" tem me trazido diversas reflexões sobre ''o que eu sou afinal''. Resolvi fazer uma série de posts com o intuito de descrever algumas das várias faces que tenho e que posso vir a ter. Começando pelo lado profissional:




  1. Sou desenhista técnica cadista e de prancheta, minha primeira profissão (desde os 16 anos).
  2. Sou Tecnologa em Processos Gerencias, vulgo Gestor(a).
  3. Sou artesã e design da Algodãozinho Artigos Personalizados.
  4. Participei de workshop de Decoração Para Festas Infantis da Auguri Festas.
  5. E sou pós-graduanda em Gestão Empresarial e Comunicação.

Nesse percurso ainda entrei na Engenharia Elétrica Eletrotécnica e acabei largando o curso. Já quis entrar em Arquitetura, fiz vestibular para Jornalismo, e passei, mas não cursei. Pensei em tentar Psicologia, mas desisti ao ver a grade curricular e as matérias de anotomia e neuro-anotomia.

Hoje, trabalho nas funções de Assistente Adminitrativo e Assistente de Finanças no meu trabalho oficial; bem como Administradora, Design, "Marketeira", Social Media, Vendedora e Artesã na Algodãozinho.

É triste - pelo menos dentro da minha visão de experiência profissional - e ao mesmo tempo estranho perceber que... NUNCA trabalhei para ninguém que não fosse minha família (no caso, os meu pais) e para mim mesma (Algodão), ou seja, nunca fui "funcionária propriamente dito".

No entanto, mesmo tudo sendo "meu", tenho sempre o anseio de melhorar, de aprender e de crescer. São esses os cursos que ainda pretendo fazer. Talvez, alguns deles eu já não consiga fazer por falta de disponibilidade, mas é sempre bom tê-los em mente:

  • MBA em Marketing
  • Cursos/Workshop na área de Negociação e Empreendedorismo.
  • Curso/Workshop de Papelaria Personalizada com a Silhouette Cameo (máquina de recorte que uso na Algodãozinho)
  • Curso de Encadernação Manual,
  • Curso de Cartonagem
  • Graduação em Design Gráfico


Acho que, por enquanto, é só!

## Marcela ##

2 comentários:

  1. Para o Eu profissional da Marcela:

    Não ter sido "funcionária" não lhe deixa mais ou menos experiente em seja lá qualquer coisa. Creio ainda que trabalhar para a família ou para você mesma deve ser um desafio muito maior, vez que talvez você não possa enrolar no almoço, ou fingi que discute técnicas importantes com o colega do lado quando na verdade lê o Diva Depressão...
    No mais, parabéns por suas conquistas e sucesso nos próximos cursos!

    ResponderExcluir
  2. E ainda tem taaaanta vida pela frente!... :) Aproveite :)

    ResponderExcluir