Páginas

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

100 dias

Ontem, meu instagram encheu-se de 'avisos' referente aos últimos 100 dias do ano. Na hora pensei: Já? Só faltam 100 dias? Mas os avisos motivacionais mostravam que AINDA faltava 100 dias e que o tempo, na verdade, poderia ser nosso amigo uma vez que, querendo, existia tempo suficiente para fazer o que lhe faltava, o que queria, ou o que buscava.

Pensei sobre o assunto e amante de listas que sou, elaborei rapidamente uma lista mental sobre as coisas que gostaria de melhorar nos próximos 100 dias e pra sempre...
Como tenho andado insegura com minha aparência, a pequena lista foi sobre esse assunto. E espero que consiga melhorar e seguir esses novos aspectos; que são simples, mas quando se é viciada em açúcar e farináceos como eu, a história é outra...



Já faz tempo que procuro um estilo pra chamar de meu. Antes da maternidade, percebi que o estilo que me agradava era o clássico. Nunca me senti muito, digamos, moderna; tão pouco conseguia incluir novos moods no meu estilo.

Depois que os filhos chegaram minha mentalidade mudou em relação a muitas coisas, e ao meu estilo também. Desde então, procuro um 'lugar' para chamar de meu.
Até que, somente esse ano, encontrei um estilo o mais próximo possível das minhas preferências, o Comfy Chic. Como diz o próprio nome tem a ver com estar confortável e chique ao mesmo tempo. Enchi meu pinterest de referências e já estou testando e achando muito bom.

Quanto as bolachas recheadas e refrigerantes é o seguinte, todo mundo sabe que faz mal, todo mundo sabe que a concentração de gordura e açúcar são enormes e mesmo assim, todo mundo gosta. E eu não fico de fora. As bolachas recheadas (que eu me esbaldava na tpm) já estão ficando fora do meu cardápio a muito tempo, durante alguns dias é que eu não me controlava e comia um pacote inteiro, e pra evitar coisas desse tipo resolvi que é tolerância zero.
O refrigerante é mais difícil, mas... também restringimos ao máximo aqui. Mas ainda dou minhas escorregadas. Quando tive meu 1º filho passei dois anos sem refrigerante, mas depois que voltei a tomar entrou numa frequência não desejável. Então, vamos parando antes que eu fique viciada novamente. Hehe.

E quais os planos de vocês para os próximos 100 dias?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário