Páginas

quarta-feira, 15 de março de 2017

Sobre planos & desejos

img weheartit


Eu leio livro e artigos sobre assuntos diversos, mas especialmente sobre organização, minimalismo, empreendedorismo, empoderamento, dentre outros; mas que na maioria das vezes tratam do que você sonha ou deseja para a vida.
Quais seus planos para o futuro? Ou, por que não trabalhar com o que você ama? E, o que você ama? Ou mesmo, o que te faz feliz?

Sinceramente, eu nunca tive respostas concretas para essas perguntas. Até hoje eu não consigo especificar o que de fato me faz feliz, porque eu acredito que as questões da felicidade envolvem mais o caminho que o lugar onde chegar, e o que estamos precisando para nos sentir satisfeitos naquela fase da vida em questão. Ou seja, para mim, a felicidade tem mais a ver com o momento atual que com o futuro. Não sei se isso faz muito sentido, mas é assim que funciona na minha mente.

Um dia desses me disseram: mas você nunca trabalhou na vida. Pois eu trabalho na micro empresa da família e até então (quase 30 anos) só trabalhei lá mesmo. Isso me deixou pensativa e até triste. Mas confesso que sempre tive em mente que trabalharia justamente onde estou até que meus pais decidissem se "aposentar" e eu ficasse com as rédeas da empresa. Que - com essa crise - não sei bem se vai acontecer. Mesmo assim fiquei bastante triste com a 'visão' que determinadas pessoas tem de mim.

Outro dia, voltei a dar uma folheada no livro Vida Organizada, da Thais Godinho, e me peguei atenta as páginas sobre construir planos a curto, médio e longo prazo. E percebi que não os tenho. Não tenho nenhum sonho guardado desde que a maternidade me pegou. Antes de conhecer meu marido, eu sonhava em ter uma família e ter o nosso canto. Compramos uma casa e hoje temos dois filhos, além de muito cansaço (hehe). Mas depois que 'construí' essa parte nunca mais pensei sobre o assunto. 

Realmente não sei o que quero estar fazendo daqui a 10 anos, por exemplo. Ou onde eu espero estar, seja na minha empresa ou na empresa dos meus pais (meu local atual). Ou mesmo num cargo público. Nunca. Nunquinha. Parei para pensar com propriedade neste assunto.

E até parei. As vezes, quando eu estou deprimida acaba surgindo o seguinte pensamento: o que estou construindo? E com que finalidade?

E por isso, resolvi (novamente) me dar um exercício, e começar a pensar em quais são meus desejos atuais. Sem aprofundar muito o assunto. Com o primeiro pensamento que vem a mente.

Meu desejo a médio prazo (até 5 anos) hoje (15/03/2017) é:
  • morar mais perto do centro da cidade; pois apesar da nossa casa ser ótima, morar distante do centro está no causando muito cansaço, além da logística com duas crianças estar ficando impensável.
Meu desejo a curto prazo (até 1 ano) hoje (15/03/2017) é:
  • redefinir meu guarda roupa e minha forma de consumir moda e beleza; mesmo que financeiramente essa seja uma mudança de hábito bem complicadinha, quero mesmo assim e estou melhorando muito meu olhar sobre o que realmente fica bom no meu corpo, assim gordinho como ele é - e sempre foi. Além de me preocupar mais com a QUALIDADE em si e não com o preço, especialmente dos produtos para o corpo.
Meu desejo a longo prazo (até 10 anos) hoje (15/03/2017) é:
  •  ter mais flexibilidade com a minha vida, poder me dar o luxo de acordar uma (ou duas) horas mais tarde e dar mais qualidade de vida a minha família (marido e filhos); apesar de parecer desejos simples, são minha maiores dificuldades e maiores desejos de hoje em dia. Por isso foi o primeiro pensamento que me veio a mente. Se em dez anos eu não conseguir pelo menos alcançar algo dessa lista, então preciso realmente de ajuda especializada.

As vezes eu me pego pensando se somente eu passo por essas indagações ou se tem mais gente que pensa assim. Então, se você leu esse texto até aqui, 1º) parabéns e obrigada (hahaa); 2º) compartilha comigo nos comentários, no email, no whatsapp, e me diz se já tem seus planos e desejos bem definidos ou se tem tantas (ou mais) indagações que eu.

2 comentários:

  1. :)
    Eu nem tenho a certeza do que gosto e do que me faz feliz!... Acho que estou um bocado mais atrasado que tu. :)
    Mas gostei do teu exercício. Vou tentar fazer.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (:
      Então, me parece que estou no caminho correto. Beijos.

      Excluir