Páginas

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Eu tenho a oportunidade


Li um texto da Rafaela, que escreve no @a.maternidade, e senti um aperto no peito e um tapa na cara, por estar tão reclamona ultimamente. Veja bem, estou em um ano muito difícil. Estou em um mês muito, muito difícil. Acordando ainda mais cedo e com crianças que estão adoecendo constantemente, eu me vi em um poço de frustração gigantesco.

.
Ela dizia: “ existe um único conselho que li por ai e que realmente faz a diferença. Preste atenção, ele não acaba com a frustração, nem mesmo te garante horas extras de sono. Mas alivia, tira o nosso foco do olho do furacão. Funciona assim, durante os dias difíceis, toda vez que você falar ou pensar ‘eu preciso’ substitua por ‘eu tenho a oportunidade’. Eu preciso cozinhar para meus filhos todo santo dia. Eu tenho a oportunidade de cozinhar para meus filhos todo santo dia. Eu preciso acalmar o meu bebe que chora inconsolavelmente todas as noites. Eu tenho a oportunidade de acalmar meu bebe que chora inconsolavelmente todas as noites”

.

E assim por diante. Meu coração logo apertou e percebi que como estou equivocada em pensar (muito!) em o quanto nossa vida fosse melhor, se não fosse essa.

.
Sabe, ‘eu tenho a oportunidade’ de trazer meus filhos ao trabalho todos os dias. ‘Eu tenho a oportunidade’ de cuidar deles praticamente 24 horas por dia e ainda estar na empresa. ‘Eu tenho a oportunidade’ de acompanhar o crescimento deles do meu jeito. ‘Eu tenho a oportunidade’ de trabalhar e de te-los por perto. ‘Eu tenho a oportunidade’ de ter a ajuda constante e atuante da minha mae, da minha irma e do meu marido. ‘Eu tenho a oportunidade' de criar meus #filhosnotrabalho! E ao invés de reclamar, eu tenho a oportunidade de agradecer. Amém!
.
.
O texto completo da Rafaela esta em todas as suas redes sociais. Que indico muito @a.maternidade.

Texto postado originalmente em minha página do Instagram @rodriguesmarcela

Nenhum comentário:

Postar um comentário