Postagens

Essencialmente radiantes | RPVR

Chego ao último post do meu projeto das #reflexoesparaumavidaradiante com a sensação de que a muito tempo precisava encontrar minha real - e atual - identidade e ao reler esses textos percebo que estou no caminho certo. Temos uma essência, obviamente, mas ao longo do tempo muito da nossa identidade se molda a necessidade da trajetória. Por isso, nesse tempo tão acelerado, manter a essência e aperfeiçoar sua identidade é tão valioso. Somos essencialmente radiantes, fomos criados com a aspiração da alegria. E diariamente o nosso intelecto nos inclina a buscá-la.
Gratidão, compaixão, paciência, consciência, nos ajudam a trilhar esse caminho luminoso!! Aprendi muito durante esse tempo, ou melhor, durante esses textos! No entanto, como disse no texto anterior: não é sobre nós, é sobre o outro. Compartilhar essas reflexões me traz um sabor de utilidade. Algo sobre ser frutífero para alguém.
Por isso continuo dividindo minhas poesias, textos e experiências por aqui e pelo blog (que estou a …

Não é sobre nós | RPVR

Temos a necessidade de falar sobre nós mesmos. De nos expor e de fazer desta rede um canal para nos colocar como centro do mundo. Quanto mais falamos de empatia, mais nos tornamos egocêntricos. Quanto mais falamos de auto estima, mais nos tornamos dependentes da aprovação dos outros. Quanto mais falamos de vida sustentável, mais compartilhamos as nossas superficialidades. É quase natural. É quase comum. Digo quase, porque não acredito que seja. Olhemos para as crianças. Como elas são bem resolvidas e convictas do que podem realizar. Até que crescem e surge essa necessidade de aprovação que nos leva as afirmações anteriores. Quando me propus a escrever as Reflexões Para Uma Vida Radiante, foi muito mais sobre esse auto conhecimento que precisava aprender a ter. E se este caminho pudesse ajudar alguém, seria maravilhoso. Não é sobre MINHA missão ou MEU propósito, ou EU, EU, EU. Quanto mais percorremos essa estrada, mais compreendemos que não encontraremos alegria em um caminho somente …

Não é sobre o destino, é sobre o caminho | RPVR

Neste refletir sobre a nossa caminhada radiante começamos a perceber que não é sobre por ONDE andamos, mas sobre com QUEM andamos. Mas é especialmente quando reconhecemos QUEM SOMOS que esse percurso passa a tomar novas formas independente se a estrada é reta ou tortuosa. Esse propósito de escrever #reflexõesparaumavidaradiante só faz sentido quando leva ao aprendizado e ao auto conhecimento. E já próximo ao fim dessa série de posts (mais demorada do que previ) percebo as transformações que experimentei. E continuo a afirmar, não é sobre o destino, é sobre o caminho. E vamos lá! . Marcela Rodrigues •

Importante mesmo é viver | RPVR

{Hoje estou me sentindo tão pequenininho} Quantas vezes essa inquietação nos assola e nos sentimos assim: pequeninos. É a insegurança, a desconfiança, a completa certeza de que sabemos tão pouco ou quase nada que nos apavora. É a busca compulsiva por um propósito, por uma razão e uma missão de vida. É o vício da necessidade de ser relevante pra alguém. E é assim, no meio desse desespero que a gente paralisa.

É muito simples pedir para não parar, para acreditar, para prosseguir. Mas o que não é simples é continuar. É sair, de fato, da inércia e pensar por si mesmo. Difícil é perceber que importante não é ser relevante, influente. Importante mesmo é viver.

O que faz o teu caminho mais radiante? | RPVR

Imagem
Sim. Estou fazendo muitas pausas. Especialmente porque entendi a minha necessidade de pausar. De repensar. De reescrever. De novo e de novo. E isso faz o meu caminho mais radiante. O que faz o teu caminho mais radiante?

Alinhe as expectativas | RPVR

Deixa eu te contar a realidade: quando eu me propus a escrever as "reflexões para uma vida radiante" acreditei que semanalmente teria textos durante ~no mínimo~ duas vezes por semana para compartilhar nesta conta. A realidade, no entanto, tem se mostrado muito diferente. Há semanas não consigo atualizar justamente porque não consegui produzir. Posso dar muitas desculpas para tentar me justificar, mas essa constatação me trouxe uma reflexão sobre as expectativas que criamos mediante nossa trajetória de vida. Percebi que a ansiedade pode me causar dois tipos cruéis de esperanças: a frustrante otimista e a infeliz pessimista. Na primeira vislumbro todo o sucesso de minhas ações e fico frustrada e, consequentemente, triste por não ter alcançado e-xa-ta-men-te como sonhei (alguém mais?). Na segunda penso em tudo de ruim que pode acontecer e fico paralisada, sem conseguir alcançar o que me propus (alguém?). O mal das duas é imaginar como vai ser o futuro e não agir no presente. E…

Não dá pra ser radiante o tempo inteiro | RPVR

Te confesso. Estou tentando. Mas não dá pra ser radiante o tempo inteiro. E apesar de ler e ouvir isso em todo lugar (não se cobre tanto! escute seu corpo! viva o luto! sinta a tristeza! e deixe passar! sinta! permita-se! etc! etc! etc!) ainda sentimos essa cobrança interna de chegar a um nível em que a alegria vai ser constante. Sem altos, nem baixos. Ou melhor, sem baixos, somente altos. Então, eu te falo novamente: não dá pra ser radiante o tempo todo. A vida é esse compilado de problemas pra resolver. Os teremos sempre. E compreender essa questão é o maior desafio da nossa caminhada. Uma escritora americana, a Kay Warren, fala que a alegria é uma escolha. E eu concordo. Em um de seus livros ela compara a vida com um trem e seus trilhos, ela fala que 'a vida tem muito mais a ver com um conjunto de trilhos paralelos, com a alegria e tristeza correndo inseparáveis ao longo dos dias'. E a nossa grande dificuldade neste caminho para uma vida radiante é aprender a andar nos doi…